Setor da elevação cresce em Espanha

O setor da elevação faturou durante 2017, em Espanha, 2 898 milhões de euros o que supõe um ligeiro e progressivo crescimento do volume de atividade de 1,8% em novos trabalhos, de 2,3% em pós-venda e de 3,9% em exportação, de acordo com os dados fornecidos pelas empresas associadas à Federação Espanhola de Elevadores (FEEDA), que representam 80% do parque de elevadores.

Em relação ao parque de elevadores, Espanha é o país europeu com o maior número de unidades com 1 035 000. Durante o ano passado, 10 105 elevadores foram instalados. Em relação às escadas, o número de unidades é pouco superior a 15 000 e, em 2017, foram instaladas 267 novas unidades. Estes números pressupõem um aumento moderado de novas instalações em torno de 0,2% em elevadores e de 1,7% em escadas em relação ao ano de 2016.

Por outro lado, o emprego no setor de elevação permanece estável com 18 700 empregados, embora o aumento da atividade preveja a incorporação de novos trabalhadores nesse setor. Nesta área, a FEEDA insiste na importância de promover as áreas de formação profissional em Manutenção Eletromecânica e Mecatrónica Industrial que proporcionam aos alunos o conhecimento necessário para trabalhar em empresas de elevação.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*