Ascensor da Bica comemora 122.º aniversário

Inaugurado em 1892, o Ascensor da Bica foi o terceiro do seu tipo ao serviço na cidade de Lisboa e, atualmente, é uma das principais atrações turísticas da cidade, juntamente com o Elevador de Santa Justa e dos Ascensores da Glória e do Lavra. O Ascensor da Bica é diferente dos restantes pela sua proximidade ao rio Tejo, além dos atributos cénicos da zona onde se inserem: o seu trajeto começa num edifício setecentista junto ao Cais do Sodré (no cruzamento da Rua de São Paulo com a Rua da Bica de Duarte Belo), e percorre uma íngreme encosta até ao Largo do Calhariz na entrada do Bairro Alto. E assim, numa curta viagem temos uma vista imperdível sobre o rio e atravessamos um bairro popular e típico.

Construído em 1892 pelo engenheiro português Raoul Mesnier de Ponsard, o Ascensor da Bica é composto por duas carruagens, cada uma com três compartimentos desnivelados, e com capacidade para transportar 23 passageiros. Funcionava inicialmente com máquinas a vapor, tendo sido eletrificado em 1916 e classificado em 2002 como Monumento Nacional, a par dos Ascensores da Glória, do Lavra e do Elevador de Santa Justa. A necessidade de utilização de ascensores e elevadores nasceu na Carris no século XIX para contornar as ruas sinuosas e íngremes, caraterísticas da cidade de Lisboa, e por isso nasceu em 1884, o transporte em ascensores e elevadores. Estes históricos meios de transporte encontram-se, atualmente, inseridos na Rota dos Ascensores, promovida pela Carris.