revista elevare

Como resolver Não Conformidade

Em sede de inspeção periódica foi identificada…

Em sede de inspeção periódica foi identificada uma Não Conformidade de tipo C2 (por exemplo, inexistência de comunicação bidirecional a partir da cobertura da cabina e do poço). Trata-se de um elevador modelo possuidor de certificado CE de Tipo que já foi alvo de uma análise de risco e respetiva validação por parte de um Organismo Notificado que é simultaneamente responsável pela aplicação da Diretiva 95/16/CE. Como resolver esta Não Conformidade?

Resposta:

Reportando-nos ao exemplo apontado, está em causa o cumprimento do disposto nos pontos 5.10 e 14.2.3.3 da Norma EN 81-1 (2000) que constitui o Regulamento de Segurança de Ascensores Elétricos, desde a entrada em vigor da Portaria n.º 376/91 de 2 de Maio.

Se existe perigo de encarceramento de pessoas trabalhando no interior da caixa, sem estar prevista saída através da cabina ou pela caixa, deve instalar-se um sistema de alarme nos locais onde esse risco existe.

O inspetor verifica se se consegue estabelecer a referida comunicação bidirecional, se não, regista a cláusula. Aparentemente não foram cumpridos os pontos já mencionados.

Torna-se necessário evidenciar junto do inspetor por via documental, qual a forma como foi concebido e aprovado o cumprimento dos pontos em causa pelo Organismo Notificado.

O ascensor modelo pode ter sido aprovado sem necessidade de ter a comunicação bidirecional na cobertura da cabina e no poço e o inspetor deve ter conhecimento da alternativa que foi encontrada para o cumprimento dos pontos em causa.

Só mediante a apresentação dessa documentação é que o inspetor pode assumir que se trata da validação de um modelo e não daquilo que pode ser interpretado como uma deficiência.

Conheça todas a questões do Consultório Técnico da “elevare”.

Translate »