Carlos Moedas

Comissário Carlos Moedas preso num elevador com o Príncipe Constantino

Ficar preso num elevador é uma ideia assustadora para alguns…

Ficar preso num elevador é uma ideia assustadora para alguns, especialmente para aqueles que já passaram por este tipo de situação desagradável. Mas para o Comissário Europeu Carlos Moedas, responsável pela pasta da Investigação, Ciência e Inovação, isto de ficar preso no elevador é coisa que não o assusta e até dá para umas boas histórias.

Numa entrevista ao website de informação “Observador”, Carlos Moedas conta como já ficou preso com o Príncipe Constantino, da Holanda, dentro de um elevador, durante a South Summit, conferência tecnológica realizada em Madrid, Espanha, em 2016. Um percalço que o Comissário português resolveu com prontidão, impedindo que a porta do elevador se fechasse e salvando a situação, permitindo que o protocolo seguisse o horário marcado, sem atrasos. “Era preciso alguém fazer alguma coisa”, diz bem-humorado Carlos Moedas. Esta pronta resposta do Comissário terá sido inspirada num “ensinamento” de Passos Coelho, com quem esteve no governo. É que Moedas também já ficou preso com o antigo primeiro-ministro num elevador em Estocolmo, na Suécia. Nessa altura, foi Pedro Passos Coelho a impedir o fecho das portas.

Mais a sério, Moedas, que é responsável por um dos maiores programas-quadros da Comissão Europeia, o Horizonte 2020, considera que, “neste momento, na Europa, não temos outra alternativa senão a inovação para crescer”.

Translate »