motores

Siemens apresenta novos motores energeticamente mais eficientes

A Siemens estendeu o seu portefólio de Sistemas Integrados de Acionamentos…

A Siemens estendeu o seu portefólio de Sistemas Integrados de Acionamentos (IDS) com uma nova gama de motores síncronos de relutância, caraterizados por elevados níveis de rendimento. A empresa apresentou a 17 de fevereiro esta nova gama de motores aos seus clientes, num workshop de Large Drives and Motion Control. No decorrer do evento, a Siemens deu a conhecer, pela primeira vez, as principais novidades nas áreas de SIMOTICS, SINAMICS e SIMOGEAR. A nova gama de acionamentos é baseada na plataforma de motores 1LE e nos conversores de frequência SINAMICS G120. Os motores SIMOTICS de relutância abrangem uma gama de potências entre os 5,5 e os 30 kW e estão disponíveis quer em alumínio para aplicações normais (SIMOTICS GP) quer em ferro-fundido para condições de operação mais agressivas (SIMOTICS SD).

Os motores de relutância e os conversores de frequência foram projetados para trabalhar em conjunto como um sistema integrado de acionamentos, permitindo uma operação particularmente eficiente. Parâmetros pré-definidos sob a forma de código na chapa de caraterísticas eletrónicas do motor permitem um processo de comissionamento mais simples. O princípio síncrono significa que a velocidade se mantém constante e o controlo vetorial sem encoder assegura uma performance ótima. Ambas as caraterísticas melhoram o controlo do conversor de frequência. As rampas de aceleração são menores devido ao baixo momento de inércia do motor combinado com o controlo vetorial. As baixas perdas no motor resultam numa elevada utilização térmica do motor. Em termos de design e manipulação é em todo semelhante à gama dos motores assíncronos 1LE1. Os conversores de frequência standard Sinamics G120 incorporam um design especialmente projetado para operação com motores de relutância. A identificação da posição dos polos previne movimentos repentinos do conversor de frequência na sua ativação, enquanto o re-arranque em movimento permite a sincronização do motor mesmo em movimento. Este tipo de acionamento pode ser integrado num ambiente de automação através das interfaces Profibus ou Profinet fazendo assim parte do conceito Totally Integrated Automation (TIA). A tecnologia de relutância é usada na indústria do processo através de bombas, ventiladores, compressores, misturadoras e centrifugadoras e na indústria do manuseamento de materiais.

www.siemens.pt

Translate »