MULTI

ThyssenKrupp lança o MULTI, o elevador sem cabos do mundo

A 5 de novembro, um ano depois de lançar a tecnologia…

A 5 de novembro, um ano depois de lançar a tecnologia revolucionária do elevador MULTI, a ThyssenKrupp inaugurou um modelo totalmente operacional à escala 1:3 no seu Centro de Formação em Gijón, Espanha. O sistema MULTI utiliza motores lineares em substituição dos cabos, o que permite a deslocação horizontal e que transforma o transporte por um elevador tradicional em sistemas verticais semelhantes ao do metropolitano. A tecnologia do MULTI aumenta a capacidade e a eficiência de transporte, uma vez que reduz a pegada ecológica e os picos de energia da rede elétrica dos edifícios. Pela primeira vez em funcionamento, o sistema MULTI representa um marco revolucionário no mercado dos elevadores, tendo o primeiro modelo dois poços de 10 metros e 4 cabines, aplica a tecnologia do motor linear utilizado pelo comboio de levitação magnética Transrapid. Sem cabos e com várias cabines por poço, o MULTI transformará a mobilidade das pessoas dentro dos edifícios. Esta última inovação de ThyssenKrupp é precedida pelo ACCEL, que aplica a mesma tecnologia de motor linear e que tem transformado a deslocação entre distâncias curtas em cidades e aeroportos.

Com um funcionamento que se assemelha a um sistema de metro, o MULTI é feito para ter várias cabines de elevador autopropulsoras por poço que funcionam em loop, aumentando a capacidade de transporte do poço até 50%, reduzindo para metade a pegada energética do elevador nos edifícios. Com o MULTI, pela primeira vez, também será possível deslocar-se horizontalmente num prédio. Sem cabos, o MULTI utiliza um sistema de travagem de múltiplos níveis e transmissão indutiva de energia, que se transfere do poço para a cabine. O sistema MULTI requer poços mais pequenos do que os elevadores tradicionais, aumentando a superfície útil de um prédio até 25%. Estes dados são importantes porque os atuais poços de elevador e de escadas rolantes podem ocupar até 40% do espaço de um edifício, dependendo da altura do mesmo. O aumento geral da eficiência também se traduz numa menor necessidade de escadas rolantes e de poços de elevadores tradicionais, o que resulta numa poupança significativa de custos de construção e um aumento do retorno de investimento devido à maior disponibilidade de superfície útil. As limitações de espaço nos edifícios de média e grande altura é uma realidade, as opções mais viáveis de construção, o que se traduz numa importante procura de elevadores. Até 2020 prevê-se que a procura global de equipamentos de elevadores bem como serviços para o transporte de pessoas aumentará em mais de 4% anualmente e alcançará os 61 000 milhões de euros dos quais 49 000 milhões de euros correspondem ao último exercício fiscal.

O Centro de Inovação da ThyssenKrupp em Gijón apresenta o MULTI em boa companhia. O ACCEL, o sistema de transporte de passageiros para cidades e aeroportos, provocou reboliço durante a apresentação em 2015 e o protótipo progride bem e dentro dos prazos previstos. Por detrás destes desenvolvimentos, 40 engenheiros trabalharam no Centro de Inovação para conceber o ACCEL e o MULTI, além de outras soluções de transporte para o futuro: escadas rolantes inovadoras, passadeiras rolantes, elevadores e passadeiras de embarque de passageiros, bem como enfoques totalmente novos de segurança e soluções de mobilidade. O Centro de Inovação registou 56 patentes nos últimos seis anos, desenvolveu mais de 55 projetos e ganhou inúmeros prémios. Recentemente, o Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), um dos principais nomes da investigação tecnológica, incluiu a ThyssenKrupp na sua lista das “50 Empresas mais inteligentes de 2015”, reconhecendo em particular as suas inovações mais recentes, como o ACCEL e o MULTI.

www.thyssenkrupp-elevadores.pt

Translate »